Inicio » PORTUGUêS » Comércio Exterior

Comércio Exterior

GESTÃO COMERCIAL INTERNACIONAL

A Direção de Comércio Exterior da cidade de Pergamino, em função de sua razão de ser, como promotora do intercambio comercial internacional, e com a finalidade de fundamentar as ações desenvolvidas ou a desenvolver, necessariamente deve contar com INFORMAÇÃO. O termo informação no contexto da administração,  tem um significado muito concreto que é necessário aperfeiçoar e diferenciar de outros conceitos que na linguagem cotidiana se utilizam como sinônimos. Por exemplo, DADOS: os dados são um conjunto de fatos sem organizar, relativos a pessoas, objetos  ou acontecimentos. Mas, ¿que é então INFORMAÇÃO?  São esses mesmos dados devidamente organizados e que aportam utilidade ou adquirem um caráter relevante para uma pessoa determinada. Com estes conceitos claros, nos perguntamos então, para que serve a estatística? A Estatística pode dar resposta a muitas das necessidades que a sociedade atual nos questiona. Sua tarefa fundamental é a redução de dados, com o objetivo de representar a realidade e transformá-la, predizer seu futuro ou simplesmente conhecê-la. Para poder decidir sobre nosso futuro, devemos conhecê-lo. E, embora pareça uma obviedade. Quanto sabemos de nós? No que diz respeito a seus termos de comércio internacional, e com um esforço intelectual artesanal, vamos fazendo história documental de sua evolução. Lamentávelmente não se encontra ainda atualizada ao ano 2013. As razoes são várias, por uma parte este estudo se realiza de forma manual, dado a dado. Por outra, não contamos com nenhum suporte sistemático de organismos superiores que sim tem. Isto, somado a que esta não é a única função da Direção, faz que o trabalho não seja o suficientemente ágil. Mas, a pesar de estas circunstancias, Pergamino é um dos poucos municípios que contam com Estatísticas neste rubro. Comecemos pelo Global:

 EVOLUÇÃO do COMÉRCIO EXTERIOR 2007 / 2011.

Comportamento geral do comércio exterior de Pergamino 2007/2011

cuadro 1

 

Importação- exportação- balanço

 

grafico 1

 

Gráfico de evolução, com os dados de importação, exportação e balanços de 2007 a 2011. Ali verificamos o seguinte: O balanço comercial tem sido sempre positivo.

  1. O balanço comercial tem sido sempre positivo.
  2. De 2007 a 2008 se produz um incremento muito forte das exportações (28 milhões a 46 milhões), produzido por um crescimento não de acordo com a preparação do mercado local, nem dos empresários. Surge uma quantidade de empresas que “brincam” de exportar e importar, como situação coyuntural comercial, mas não como filosofia empresarial, consequente com uma estratégia de internacionalização. A quantidade de empresas se verifica no quadro 1.
  3. Em 2009 reflete-se a crise interna. Baixam as exportações. Mas neste ponto é interessante destacar duas questões:
    1. Mantem-se o ritmo das importações
    2. Conclui-se que as importações locais não afetam diretamente as exportações. A línea de importações não se vê afetada pela crise, nem segue o incremento das exportações a posteriori.

Em 2010 e 2011 readequa-se o mercado aos níveis anteriores. DINÂMICA operativa: Embora tenhamos registros dos movimentos de importação e exportação desde o ano 2003 até hoje,  contamos com dados de  valores de exportação só desde o ano 2007. Esta situação foi a que originou a incorporação da variável de “quantidade de operações”, a fim de usá-la como uma aproximação  a dinâmica (quantidade de vezes que se produzem vinculações), nas relações dos distintos países com nosso Partido.  BALANÇOS comerciais: analisando importações, exportações e balanços comerciais do quinquênio 2007 / 2011, verificam-se  em todos os casos, saldos positivos. Mesmo que se considerem os anos de forma individual ou o conjunto, o BALANÇO do quinquênio resulta ser de dólares  141.019.939, o que surge de contrastar as exportações que ascendem a dólares 208.585.737, versus as importações de dólares 67.565.799.  GIRO comercial: O giro comercial está representado por toda a atividade de comércio internacional,  tanto importações como exportações, o qual ascende à quantidade de dólares 276.151.536, para o período em estudo.

 

PRIMEIROS DEZ DESTINOS DE EXPORTAÇÃO 2008 / 2011

Exportações de Pergamino/Primeiros 10 países destino

Comparartiva FOB – anos 2008-2011

 

PARA PAGINA

 

GESTÃO ASSOCIATIVA PARA A INSERCÃO INTERNACIONAL – IDENTIDADE EXPORTADORA

Descrição
Trata-se de fortalecer o entrançado interinstitucional local, tendendo a somar esforços, a fim de promover a atividade exportadora local, baseando-se em duas premissas:

Identidade e  Unidade

Objetivos do projeto

  1. Lograr a união das empresas de Pergamino que atuam, relacionam-se ou intervém em operatórias de comércio exterior da cidade de Pergamino. Podendo realizar-se sob a forma de sub câmara da Câmara de Comércio local.
  2. Conformar grupos associativos não vinculantes, consórcios o cooperativas de empresas, para a abordagem da tarefa de promoção e/ou comercialização internacional.
  3. Contribuir ao desenvolvimento e apropriação dos conceitos formadores da identidade local, desde o setor empresarial.
  4. Fomentar o desenvolvimento de atividades interinstitucionais, potenciando assim os recursos disponíveis e as habilidades de cada uma delas, em pós do desenvolvimento da cidade.

PRIMEIRO RESULTADO ATINGIDO

GEMEP: GRUPO EXPORTADOR METALÚRGICO DE PERGAMINO

EMPRESAS INTEGRANTES: 7

tipo expo / año

2011 2012 2013

TOTAL

Direta

usd 2.765.353

usd 1.726.900 usd 7.342.685 usd 11.834.909

Indireta

usd       33.500

usd         2.500

Usd.        0.000

usd         36.000

Total

usd  2.798.823 usd  1.729.400 usd  7.342.685

Usd. 11.870.909

 

PRÓXIMO Nível: COOPERATIVA DE EXPORTACÃO EM PROCESSO

REDES DE TRABALHO: EM COORDINACÃO CON DIRECÃO DE COOPERACÃO INTERNACIONAL

MERCOCIDADES: UTDEL – UNIDADE TEMÁTICA DE DESENVOLVIMENTO LOCAL

 

REDE INTEGRAL DE EXPORTACÕES E IMPORTACÕES – REGIÃO MERCOCIDADES.

Principias Importações 2011

POS. TARIFÁRIO DESCRICÃO (expressão mínima) IMPORTE EM USD
1209.21.00.000D           Sementes forrageiras, exceto as de beterraba. 4,461,753.63
3402.13.00.900N Agentes de superfície orgânicos 3,439,797.76
3808.91.91.100R Inseticidas, raticidas, fungicidas, herbicidas, inibidores de germinação e reguladores do crescimento das plantas, desinfetantes e produtos semelhantes. 502,080.54
8419.31.00.000M Aparelhos e dispositivos, mesmo que esquentem eletricamente, para o tratamento de matérias… 191,722.53
8424.20.00.900N Aparelhos mecânicos (inclusive manuais) para projetar, dispersar ou pulverizar matérias líquidas ou em pó… 423,051.54
8481.20.90.900V Torneiras e artigos semelhantes para tubos, caldeiras, depósitos… 814,574.49
9026.10.29.900G Instrumentos e aparelhos para a medida ou controle do caudal, nível, pressão ou outras características variáveis de líquidos ou gases. 171,260.53
8433.90.90.000D         Máquinas, aparelhos e artefatos para colher ou trilhar, incluídas as prensas para palha ou forragem. 124,801.68
3926.90.90.230Y Manufacturas de plástico 167,750.45
2930.30.21.000H Mono-, di- o tetrassulfuro de tiourama. 255,432.20

  Principiáis Exportaseis 2011

POS. TARIFÁRIO DESCRICÃO (expressão mínima) IMPORTE EM USD
0713.10.90.910 Hortaliças (inclusive silvestres) de vagem secas sem casca

8,676,561.08

1001.10.10.000 Trigo.

2,292,618.60

1005.10.00.000         MILHO.        Para plantío

10,564,814.28

1201.00.10.000 Favas (feijao) de soja(soya)

     1,937,654.22

1206.00.10.000         De girasol, inclusive quebrantada

        931,163.10

1209.91.00.210 Sementes forrageiras De alfalfa

  4,588,415.61

3808.92.96.000         Inseticidas, raticidas, fungicidas, herbicidas, inibidores de germinação…

865,317.00

3923.90.00.990           Artigos para o transporte ou embalagem, de plástico; tampões, tampas, cápsulas e outros dispositivos de fechamento, de plástico.

    2,128,773.74

7216.50.00.900 Perfis de ferro ou aço sem fundir.·.

631,552.58

7608.20.90.900         Tubos de alumínio.

10,314,143.47

7609.00.00.000 Acessórios de tubária

     3,290,936.83

8424.90.90.100  Aparelhos mecânicos (inclusive manuais) para projetar, dispersar o pulverizar matérias liquidas ou em pó.

429,455.27

8432.90.00.900         Máquinas, aparelhos e artefatos agrícolas, hortícolas ou silvícolas…

490,576.69

8716.80.00.100 Reboques e semirreboques para qualquer veículo

977,914.89

9603.90.00.990         Vasouras, escovas e broxas, embora sejam partes de máquinas, aparelhos ou veículos,…

               175,494.84

Anuncios

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s

A %d blogueros les gusta esto: